• Los Jardines de Friburgo en Recife, Brasil: su trazado y significado, la experiencia de una corte europea en en el trópico en el siglo XVII
  • The Park of Friburgo in Recife, Brazil: plan and meaning of a european court in a tropical setting in the 17th centuryVII
  • OS JARDINS DE FRIBURGO EM RECIFE/PE, BRASIL, SEU TRAÇADO E SIGNIFICADO: AS EXPERIMENTAÇÕES DE UMA CORTE EUROPEIA NOS TROPICOS NO SÉCULO XVII
Sandra Augusta Leao Barros

Resumen

El Palacio de Friburgo y sus jardines son uma experiencia única em la América portuguesa, el traslado compreto de uma corte europea a los trópicos em el siglo 17, estableciéndose allí durante varios aos, implantando un proyecto urbanístico que incluia, entre otros elementos, dos palacios reales: Friburgo y Boa Vista.

Siendo muy conocido y comentado, ha sido poco estudiado y cuenta con poca bibliografía gráfica al respecto. La autora aprovecha presenta los resultados de su Curso de Especialización en Rehabilitación de Jardines Históricos para reabrir la discusion sobre el jardín de Friburgo y traer ejemplos de jardines en palacios y castillos europeos de esa época que pudieran tener semejanzas o haber servido de inspiración para este jardín, que por un lado tiene un vocabulario reconocido de esa época, pero que también lo mezcla fantasioso, exótico y poco conocido del nuevo mundo.

 

 

Abstract

The Park of Friburgo and its garden is a very special experience in the american history, a translation of an European court (from Netherlands) to the tropics in the 17th century, standing there for many years, implanting an urbanistic plan, including two palaces –Friburgo and Boa Vista- among other urban elements. The well known garden, hasn't been studied in depth, and no graphic bibliography is available. This paper shows the conclusions from a specialization course in Restoration of Historical Gardens. This study brings study cases of european royal gardens of colonial time, which could had been inspiration to the project.

Abstrato

O Palácio de Friburgo e seu jardim foi desde sempre uma experiência única na história da América portuguesa – o translado de uma corte inteira européia para os trópicos no século XVII, estabelecendo-se ali durante vários anos, implantando um plano urbanístico que incluía entre outros elementos, dois palácios reais – Friburgo e Boa Vista, sendo o primeiro emoldurado por um belo jardim 1.

Feito muito comentado e conhecido, mas pouco estudado com profundidade e amadurecimento, e de escassa bibliografia gráfica (com imagens) a respeito. Aproveito a oportunidade de um trabalho de conclusão do Curso de Especialização em Reabilitação de Jardins Históricos2 para reabrir mais uma vez a discussão sobre o Jardim de Friburgo e trazer exemplos de jardins de palácios e castelos europeus desta época, que tivessem semelhanças com este jardim, ou que pudessem ter servido de inspiração, no todo ou em alguns de seus elementos. Jardim cujo traçado e espécies trazia, por um lado, um vocabulário reconhecido e utilizado na época – a transposição e adaptação de modelos de jardins reais para os trópicos; e por outro lado, misturava ingredientes do exótico, do fantasioso e pouco conhecido até então Novo Mundo.

1 Embora em Barléu seja citado que o Palácio da Boa Vista também fosse contemplado com jardim, não foi encontrada nenhuma imagem a respeito. Em planta baixa, está assinalado na planta utilizada pelo pesquisador J. A. G. Mello (MELLO, 2001, s/p), na bibliografia citado ao fim do artigo. “ ... fica-lhe sobranceiro o palácio da Boa Vista, muito aprazível alegrado também por jardins e piscinas”. In: BARLÈU, 1974, 158.

2 Este artigo apresenta uma versão resumida da monografia de conclusão do curso de Especialização em Reabilitação de Jardins e Parques Históricos: paisagens culturais, realizado na Universidad Politécnica de Madrid (UPM/ ETSAM) no ano de 2009, Bolsista MAE-AECID (Agencia Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento, Ministério de Assuntos Exteriores da Espanha).

Palabras clave

Jardines de Friburgo, corte holandesa, Recife - Brasil, jardín Renacentista

keywords

Friburgo´s Garden, Recife/PE, Brasil, Renaissance garden, Netherland´s Court

Palavras-chave

Jardim de Friburgo, Recife/PE, Brasil, jardim do Renascimento, corte holandesa

Texto completo: PDF



DOI: 10.5354/0717-5051.2010.10837